BlogEcar Seguros

O que fazer em caso de sinistro?


por: Ecar Seguros

Você sabe como proceder em caso de sinistro? O sinistro é um termo que se refere a um acidente que causa danos e/ou prejuízos a um bem segurado, podendo ocorrer de maneira súbita, involuntária ou imprevista.

O sinistro pode ser considerado parcial ou integral, dependendo do dano causado. Por exemplo, quando um veículo se acidenta e pode ser reparado é considerado sinistro parcial, enquanto a perda total dele é chamada de sinistro integral.

É muito comum que o segurado não leia o contrato atentamente e não saiba como proceder quando ocorre um sinistro.

Em casos de seguros patrimoniais como residencial, condominial e empresarial, após um sinistro, o recomendado é entrar em contato com a seguradora, relatar a perda e descobrir se o dano ocorrido é coberto pela apólice, saber também qual o tempo para registrar a reclamação, se o dano excede a franquia, quanto tempo levará o processamento da reclamação e o recebimento da indenização.

Em alguns casos, pode ser necessário que o segurado seja responsável com gastos urgentes para evitar o sinistro, minorar o dano ou salvar os bens segurados. Quando comprovada a necessidade dessas despesas e sua proporcionalidade em relação ao sinistro, serão cobertas pelo seguro.

Ainda, havendo necessidade de imediata reparação ou substituição dos bens atingidos pelo sinistro, o segurado deve comunicar à seguradora previamente ao início desses trabalhos e obter autorização por escrito. Caso contrário, a seguradora não é obrigada a indenizar o prejuízo reclamado.

É preciso ficar atento a isso, muitas vezes os segurados são indenizados em menos do que têm direito por não conhecerem suas garantias.

O próximo passo é se preparar para a visita do perito de sinistro da seguradora, que também pode enviar um formulário de comprovante de perdas ou um avaliador para examinar os bens sinistrados. Quanto mais informações você tiver sobre os itens, mais rápido será o processamento e pagamento da indenização.

Uma dica é você não jogar fora os itens danificados até que o avaliador os veja, podendo também fotografar o dano. Um relato de memória também ajuda caso o bem seja destruído.

Os seguros patrimoniais têm, basicamente, duas formas de indenização: pelo valor de novo, que permite ao segurado substituir o item danificado por outro de características semelhantes, podendo ser em bens ou dinheiro; ou a indenização pelo valor atual, pagando a quantia necessária para substituir o item sinistrado menos a depreciação.

Quer contar com o melhor seguro do mercado? A Ecar Seguros encontra as melhores opções para você ficar protegido e te ajuda nos grandes momentos de necessidade.

Conte com a Ecar Seguros!


Postado Por

Ecar Seguros
Fale Conosco pelo WhatsApp